Paulistão

17/03/2013

Corinthians 3×0 União Barbarense

Mais artigos de »
Escrito por: Pablo
Tags:, , , , , , , ,

Em um primeiro tempo fraco, o que se destacou foi a forte marcação do União Barbarense, que abusava das faltas. Em um dos poucos lances de perigo, Romarinho  faz boa jogada pelo meio, entra na área e se joga. O árbitro acertadamente, aplica o cartão por simulação.

Mesmo com 6 jogadores no meio campo do União Barbarense, o Corinthians jogava melhor e chegava com mais perigo.

Logo aos 7 minutos do primeiro tempo, Emerson, que estava bem no jogo, faz ótima jogada e rola para Douglas, só tocar para marcar o primeiro do Coringão. Depois de sofrer o gol, o União Barbarense precisou se abrir e com isso deu mais espaço para o Corinthians, que chegava cada vez com mais perigo. Aos 11, em ótima jogada, Jorge Henrique chega na linha de fundo e cruza para Douglas perder um gol feito.

O segundo tempo era todo do Corinthians, que seguia pressionando o fraco time de Santa Bárbara, aos 26, saíram, Romarinho e Guilherme, para a entrada de Renato Augusto e Paulinho.

Aos 39, o zagueiro visitante segura Gil e o árbitro marca pênalti para o Timão, Chicão bate, mas perde, é o terceiro pênalti seguido, desperdiçado pelo Corinthians.

Aos 42, Emerson carrega a bola pelo meio, invade a área, mas é desarmado. A bola sobra para Jorge Henrique, que domina e bate forte. O chute desvia no zagueiro e entra, Gol do Timão, 2×0 e assim, os 3 pontos já estavam mais do que garantidos. Mas o Corinthians ainda pressionava e aos 46, Giovanni que entrou no lugar de Douglas, bate forte da entrada da área, a bola bate na zaga e sobra para Renato Augusto, que vê a saída do goleiro e toca para encobri-lo, marcando um golaço, o seu primeiro pelo Timão.

Meus conceitos:

Júlio César:  Não foi exigido.

Edenílson: Ótimo jogador, em minha opinião, já deveria ser titular.

Chicão: Voltando de lesão, ainda precisa de ritmo.

Gil: Seguro.

Fábio Santos: Diante do fraco União Barbarense, chegou bem ao ataque.

Ralf: Já está ficando repetitivo… monstro!

Guilherme: Não foi tão bem como o esperado.

Paulinho: Entrou tarde e não teve muito trabalho.

Douglas: Fez um gol fácil e perdeu outro igual, seus passes são telegrafados e adora tocar de lado, se jogasse mais “simples” seria melhor.

Giovanni: Entrou tarde, mas começou o lance do golaço de Renato Augusto.

Jorge Henrique: Bom na marcação e no ataque, fez gol e dou outro para o Douglas, que perdeu.

Romarinho: No lance decisivo em que poderia marcar seu gol, preferiu se jogar e tomou amarelo.

Renato Augusto: Esse joga muita bola!

Emerson: Não fez o seu gol, mas jogou demais! Boa movimentação e passe para o gol de Douglas.

Tite: Mexeu bem e deixou clara a insatisfação com o Romarinho.

 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 3 X 0 UNIÃO BARBARENSE

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 16 de março de 2013, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Público: 19.359 pagantes
Renda: R$ 547.850,50
Cartões amarelos: Romarinho (Corinthians); Juliano, Alex, André Cunha (União Barbarense)
Gols: Douglas, aos sete minutos do segundo tempo, Jorge Henrique, aos 41 minutos do segundo tempo, e Renato Augusto, aos 45 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Edenílson, Chicão, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme (Paulinho), Jorge Henrique, Douglas (Giovanni) e Romarinho (Renato Augusto); Emerson
Técnico: Tite

UNIÃO BARBARENSE: Walter; Juliano, Camacho e Júnior Goiano; Alex, Cláudio Britto, Edilson Azul, André Cunha, Cleverson (Júlio) e Cesar; Cahiame (Dairo)
Técnico: Claudemir Peixoto



Sobre o Autor

Pablo
Coordenador de Suporte, Governador da República Popular do Corinthians e Louco pelo Timão!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.