Brasileirão

31/08/2015

Chapecoense 1×3 Corinthians

Mais artigos de »
Escrito por: Pablo
Tags:, , ,

Neste domingo, o Corinthians foi até a arena Condá, enfrentar a equipe do Chapecoense. Com Ralf no lugar de Bruno Henrique suspenso, o time do técnico Tite começou a partida pressionando e buscando o gol, já aos 9 minutos, após contra-ataque puxado por Renato Augusto, que recuperou a bola ainda no campo de defesa e avançou até a área adversária, cruzou para Elias, que bateu de primeira para marcar belo gol. Com a vantagem no placar, o Timão insistiu na ofesividade e aos 13, Uendel recebeu de Jadson e cruzou para Vágner Love marcar o segundo do Coringão.

A vantagem era boa, mas o time do sul não estava morta e aproveitando falha da defesa corinthiana, conseguiu diminuir já nos acréscimos do primeiro tempo.

O Chapecoense voltou animado e tentou criar novas chances de gol, porém, o Corinthians bem postado defensivamente, conseguiu se segurar e ainda tentava criar nova oportunidades de gol, em uma delas, Jadson acertou o travessão.

Aos 44 minutos, foi a vez do Corinthians marcar, após passe de Jadson, Rildo que havia entrado no lugar de Malcom, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti que Jadson bateu e marcou. Depois foi só administrar os minutos finais.

Próximo jogo: Quarta-feira, contra o Fluminense às 22:00hs na Arena Corinthians.

Meus conceitos:

Cássio: Foi pouco exigido, poderia ter se antecipado ao cruzamento do gol.

Fágner: Quase não apoiou, foi bem na marcação.

Gil: Falhou no lance do gol.

Felipe: Mais um que falhou no gol adversário.

Uendel: Fez belo cruzamento no gol de Vágner Love.

Guilherme Arana: Apoia bem, mas falhou no lance do gol.

Ralf: Foi muito bem na sua função, marcar.

Elias: Foi bem, chegou bastante ao ataque e marcou belo gol.

Jadson: Se movimentou bem, criou várias jogadas e conferiu o pênalti.

Renato Augusto: Mais uma bela partida, é referencia para o time, cria, marca e fez toda diferença.

Malcom: Não foi bem. Perdido em campo, corre e não sabe o que fazer com a bola.

Rildo: Sofreu o pênalti.

Danilo: Jogou pouco.

Tite: Foi bem na armação do time e não deixou a equipe recuar.

Melhores momentos:



Sobre o Autor

Pablo
Coordenador de Suporte, Governador da República Popular do Corinthians e Louco pelo Timão!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.